Lilith

 

A Lenda

 

Existem várias lendas a respeito dessa figura como demônio: ela surpreende os homens durante o sono e os envolve com sua fúria sexual; é mãe dos abortos; uma das rainhas dos vampiros juntamente com Nahema dente outras.Esse demônio aparece em diversos textos como, por exemplo, a Torah assírio-babilônica, o Zohar e o Talmude (o livro dos Hebreus).Mas a versão que mais chama a atenção é a de que LILITH FOI A PRIMEIRA MULHER DE ADÃO. Sim, antes mesmo de Eva. Sabemos que as versões do Gênesis para a criação do mundo e principal iminente na criação da mulher, são ricas em contradições e enigmas.Em uma versão para o Gênesis, da tradição religiosa hebraica, que foi enriquecida por testemunhos orais de rabina conta que Lilith foi criada a partir de pó negro e excrementos, condenada por Deus a ser inferior e submissa ao homem. Após consumir a união carnal com Lilith,Adão apaixonou-se e acabou distanciando-se da divindade.Lilith reivindicava igualdade de agir , de escolher e decidir, como Adão. Queria os mesmos direitos do homem visto que “eram feitos de pó, portanto sou tua igual”. Quando faziam sexo, ficava inconformada de ter que suportar o peso do corpo de Adão, de ter que ficar por baixo e indagava: “Por que devo deitar-me embaixo de ti? Por que devo abrir-me sob teu corpo? Porque ser dominada por ti?”. Porém Adão se recusava a inverter as posições, certo de que havia uma ordem a ser seguida.Vendo que não teria seus apelos atendidos, Lilith se rebelou, acusou Adão; blasfemou e foi embora rumo ao Mar Vermelho. Lá é onde habitam os demônios, segundo a tradição hebraica, um lugar maldito.Sentindo-se abandonado, Adão adormece. Quando acorda a procura e não encontra: “Em meu leito, pela noite, procurei o amor da minha alma. Procurei e não encontrei.” (Cântico 3:1). Adão queixou-se a Deus sobre a fuga de Lilith e, para compensar sua tristeza, Deus resolveu criar Eva, exatamente como as exigências da sociedade patriarcal. Segundo pesquisas esse trecho foi tirado da bíblia na época da inquisição, talvez para que ninguém identificasse uma bruxa como sendo “sagrada”; ou durante a transposição da verão jeovística para a sacerdotal.Porém, (talvez por uma falha da igreja) Lilith é citada uma única vez na Bíblia, em Isaías 34:14: “Aí vão se encontrar o gato do mato e a hiena, o cabrito selvagem chamará seus companheiros; aí Lilith vai descansar, encontrando um lugar de repouso” (Antigo Testamento – Edição Pastoral).“sagrada”; ou durante a transposição da verão jeovística para a sacerdotal. Porém, (talvez por uma falha da igreja) Lilith é citada uma única vez na Bíblia, em Isaías 34:14: “Aí vão se encontrar o gato do mato e a hiena, o cabrito selvagem chamará seus companheiros; aí Lilith vai descansar, encontrando um lugar de repouso” (Antigo Testamento – Edição Pastoral).

Em Supernatural

 

Lilith é de uma classe mais poderosa de demônios, os olhos aparecem em branco, não preto, em um hospedeiro humano. Sua primeira aparição na serie Lilith aparece como uma menina buscando os Winchesters (episodio Jus in Bello). Ela então começa a torturar todos na estação por 45 minutos, acabou destruindo a estação em uma enorme explosão. Depois é revelado por Bella que Lilith é quem está com o  contrato de Dean (Dean fez um pacto para ressuscitar Sam), então os Winchester a localiza em New Harmony, Indiana. Por diversão, ela assumiu o corpo de outra menina e a família da menina é mantida refém, forçando-os a agir como se ela fosse sua filha. Depois de roubar a faca da Ruby (que mata demônio), Sam e Dean conseguem entrar na casa. 

 

No entanto, Lilith secretamente encarna em Ruby, que seguiu Sam e Dean. Dean percebe que a verdade veio tarde demais, e Lilith assume o controle e chama o "cão do inferno" para matar Dean. Lilith, então tenta matar Sam, mas descobre que ela é impotente contra ele. Sam tenta matá-la com a faca de Ruby, Lilith sai da Ruby e foge. Mais tarde é revelado a Dean pelo anjo Castiel que Lilith está tentando libertar Lúcifer do inferno. Para quebrar um dos 66 selos para libertá-lo, ela lança um feitiço poderoso (no episodio "Are You There, God? It's Me, Dean Winchester") para o levante das testemunhas, as almas dos que tinham morrido de mortes violentas, que em seguida ataca a caçadores que não pôde salvá-los. Lilith (no episodio “O Monstro no final do livro"), possuindo um corpo de uma odontologista.

 

Tendo tomado conhecimento de que ela está destinada a morrer no Apocalipse, ela tenta convencer Sam em fazer um acordo com ela para parar de quebrar os selos e permitir que as coisas voltem a ser como eram antes. Sam finge que concorda com o acordo e tenta matá-la com a faca de Ruby, mas ele falha. Dean e Chuck (o profeta) aparece bem na hora, depois de ter sido avisado pelo arcanjo que protege Chuck  está vindo para destruí-la, Lilith foge do corpo em que está. No episodio "Lucifer Rising", Dean fica sabendo que se Lilith morrer o ultimo selo de numero 66 será quebrado e Lúcifer será libertado, e que os anjos que estavam ao lado de Uriel (morto) querem que o apocalipse aconteça. Dean e Castiel preferem desobedecer as ordens dos arcanjos e impedir que Sam mate Lilith. Sam usa seus poderes e mata Lilith e quebra o ultimo selo. Lúcifer é libertado e Sam descobre que Ruby os enganou desde o começo. O objetivo dela era que Lúcifer voltasse a Terra. Dean entra no convento em que Sam está (e onde matou Lilith) e mata Ruby com a ajuda de Sam. Os dois observam uma luz enorme e brilhante iluminando o convento. E Lúcifer é Libertado.

 

 

 

 

fontes:Templo da Lua negra/Supernatural family/Vanessa Tulesk/Hemons/Supernatural Wikia/Mega Filmes

 

 

Enquete

Vocês curtiram o site?

Sim. (142)

95%

Não. (3)

2%

Mais ou menos. (4)

3%

Total de votos: 149